Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

NOVIDADES E EVENTOS

04/09/19

Você sabe escolher os metais dos banheiros?

Como você escolhe os metais  - ou torneiras, como queira -  de sua casa?

Parece simples, mas têm detalhes que não podem ser esquecidos na hora da escolha dos metais e louças de seu banheiro ou lavabo.

Por exemplo, quando você vai comprar metais,  perguntam: quer torneira comum, ou misturador - duplo comando ou monocomando?

O primeiro raciocínio é simples: se você NÃO tem sistema de aquecimento da água previsto opte por torneiras, com um registro só. Não tem porque escolher peças com misturadores, ou seja, peças com saída para água quente e água fria. Escolha metais simples, só para água fria – a grande maioria das vendas. Esse pode ser de parede, de bancada ou ainda instalado na própria louça. Misturadores: é o que faz com que saia água fria e quente, tanto de forma individual quanto misturando os dois tipos de temperatura.

Se você tem água quente   - independente de que tipo,  solar, elétrico ( instalado sob a bancada)  ou a gás, – pode escolher os chamados misturadores:  misturador monocomando ( 01 alavanca/registro apenas para controlar a mistura da água quente e água fria e , consequentemente, a temperatura da água) , e apenas um furo para instalação ( seja na bancada, na própria louça  ou na parede). Ou misturador com comando duplo ( 02 alavancas/registros, uma para água quente e outra para água fria, separadas ) que podem ser instalados  na própria louça, na bancada ou parede - e precisa ter dois furos.

Na escolha da louça, algumas peças de lavatório ou cuba tem os dois furos “disfarçados”, facilitando a compra: o instalador é que “abre” quantos furos precisa. E fica aqui um alerta: você precisa escolher  tudo isso antes da instalação hidráulica. Precisa ser planejada e feita antes dos acabamentos da alvenaria e da colocação dos revestimentos, sejam quais forem.

E mais um lembrete: se você escolher por instalação em bancada com cuba, melhor decidir o tipo de cuba primeiro. Cada modelo pede o metal correto: cuba de apoio pede peças mais altas, alongadas – e isso também varia conforme a profundidade da peça; cubas embutidas, semi encaixe ou lavatórios ( peça que tem bancada e cuba na mesma peça) pedem metais mais baixos ( quanto mais alto, mais respingo). Ou seja: escolha as duas peças juntas, a cuba/pia/lavatório e o metal. Menor chance de erro.

Essa é a parte funcional. Agora é “só” você escolher  modelos que combinem entre si e que combinem com o estilo que você quer, com os revestimentos de parede e pisos, com o projeto que você tem na mão. Minha dica final:  é sempre melhor contratar um profissional,  arquiteto ou designer de interiores!

 

Joyce Diehl, arquiteta, para a Construtora Embraconi.